RELATÓRIO DE AUDITORIA INTERNA

A Academia do Auditor  oferece treinamentos e cursos personalizados que engajam e dão resultado. Somos  uma empresa de treinamentos empresariais com foco no desenvolvimento de pessoas. Através de cursos abertos, cursos in company ou projetos.
Consultoria Empresarial
Relatório de Auditoria Interna
     Como Elaborar e Fomalizar.
Objetivo
O Projeto visa
  • Permitir uma análise detalhada dos procedimentos inerentes à operacionalização do sistema, com o intuito de melhorar o método utilizado;

  • Em síntese, o relatório escrito é sempre, a qualquer momento, a evidência mais concreta do trabalho e a fonte de informações mais abundante e segura.

  • §Assim, a forma com que se apresenta o relatório é talvez tão importante quanto seu conteúdo. Qualquer leitor absorverá melhor uma ideia simples e bem descrita, do que uma ideia brilhante desenvolvida obscuramente.

Público alvo
Diretores, Gerentes, Coordenadores, Supervisores e Analistas dos segmentos de Gestão de Riscos, Auditoria, Controles Internos e Consultoria. Profissionais que têm relação direta ou indireta com os segmentos descritos
Metodologia
A metodologia empregada neste curso será a da exposição dialogada e aplicação de exercício em grupo ou individual.
Vantagens
Este projeto busca garantir que os processos, controles, aspectos tributários, trabalhistas e contábeis funcionem como um conjunto de ferramentas, gerem dados confiáveis e auxiliem a administração na condução dos negócios, abrangendo aspectos como:
  • Fortalecimento dos controles internos por meio de análises e sugestões de aprimoramento;
  • Qualidade de informações para tomada de decisão gerencial;
  • Segurança dos sistemas informatizados e segregação de função;
  • Estruturação da empresa para mensuração de patrimônio e captação de investimentos;
  • Mensuração do nível de exposição aos riscos inerentes às atividades operacionais.
.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1) Estrutura do Relatório de Auditoria Interna

  • Relatório – Comunicação dos Resultados finais segundo as melhores práticas para a elaboração de relatórios de auditoria).

  • Classificação do Relatório Completo conforme as melhores práticas.

  • Respostas e formalização da Gerência aos comentários mencionados no Relatório.

  • Histórico – Como usar no Relatório.

  • Metodologia – Maneira geral, como a auditoria foi conduzida.

  • Uso de Apêndices no Relatório (Anexos, Regulamentos, Fotos, Siglas, Glossário e etc.).

  • O uso da Declaração de Conformidade com as Normas Internacionais de Auditoria.

  • Tipos de Linguagem na redação de relatórios.

  • Requisitos de qualidade em um Relatório conforme as melhores práticas de redação segundo o IIA e órgão de controle.

  • Clareza.

  • Redação Objetiva.

  • Identificação com o Público Leitor.

  • Unidade de Estilo e de Forma

  • Concisão.

  • Convicção.

  • Exatidão.

  • Relevância.

  • Tempestividade.

  • Aspectos importantes a serem evitados na redação de relatórios.

  • Pleonasmo Vicioso.

  • Eufemismo.

  • Metáfora.

  • Ambiguidade.

  • Frases fragmentadas ou Siamesas.

  • Dicas para não fragmentar o texto.

  • Semântica.

  • Formatação Geral do Relatório.

  • Demais aspectos após a finalização do Relatório.

  • Garantindo os resultados do Trabalho (Relatório de Auditoria).

  • Garantindo os resultados (Antes da Auditoria e Depois da Auditoria).

  • Apresentação ao Auditado de resultado prévio do Relatório (DRAFT ou Minuta do Relatório).

  • Técnicas de Negociação para Auditores durante a implementação das Recomendações.

  • Negociações com o Gestores – Apresentando os resultados ao Cliente Interno.

  • Comunicando a Presidência, Comitê, Conselho de Administração e outras Partes Interessadas.

  • Dicas Finais: Dez coisas a não dizer em um relatório de Auditoria.

  • Exemplos de Redações Impróprias elaboradas por Auditores Internos e selecionadas por Professores Auditores.

​​

2) Metodologia para implantação
 

  • Organização dos Tópicos

  • Segmentação dos Assuntos.

  • Unidade de Estilo e de Forma.

3) Aplicação Prática

  • Resultados Alcançados (estrutura e forma)

  • Forma de apresentação dos resultados da auditoria

  • Estruturas de pontos de atenção.

  • Exemplos de pontos de atenção.

  • Plano de Ação e Ações corretivas.

4) BIBLIOGRAFIAS (Referência e Indicação):

  • Attie, Willian. Auditoria – Conceito e Aplicações. Editora Atlas. São Paulo, 1998.

  • Araújo, Luís Cesar. Gestão de Processos. Editora Atlas. São Paulo, 2011.

  • Dias, Sérgio Vidal. Auditoria de Processos Organizacionais. Ed. Atlas. São Paulo, 2011.

  • The Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission (COSO) – Internal Control – Integrated Framework.

Consulte-nos sobre treinamentos In Company!

Solicite uma Proposta

Parabéns! Sua mensagem foi recebida.